Estratégia: viva o que você prega na sua comunicação, recomenda Head de Operações

Estrategia de Comunicação dê o exemplo

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Você vive o que diz ou recomenda aos outros? Sua estratégia de comunicação reflete o que você faz e quem é?

Um dos grandes prazeres dos profissionais de comunicação é conectar pessoas. De acordo com Erica Gomes, Head de Operações da LC4 comunicação, marketing e estratégia, na teoria, essa tarefa pode parecer algo simples, na pratica, envolve importantes detalhes, entre elas, viver aquilo se prega.

“No universo do marketing, viver a mensagem e praticar aquilo que se prega, seja nas mídias online ou off-line, amplia o alcance e amplia a influência perante o público e admiradores. Como diria Thomas Fuller, um bom exemplo é o melhor discurso”, acrescentou a Head.

Ainda de acordo com ela, em nosso cotidiano, pequenos gestos, comportamentos e maneiras de lidar com problemas e situações corriqueiras transmitem a nossa imagem para as pessoas ao nosso redor e, assim, somos avaliados e vistos como exemplos.

“Atualmente, com a cultura do cancelamento na redes sociais, é necessário ter ainda mais cuidado e observar se, de fato, o discurso está alinhado com o que está sendo praticado. Temos visto inúmeros cases sobre isso envolvendo grandes marcas, celebridades e influencers. O público está conectado. É preciso redobrar a atenção sobre qual mensagem está sendo transmitida”, explicou.

Acreditando que nenhuma maquiagem, publicidade ou propaganda, pode se sustentar se não for uma verdade diária, com o lema: conecting hearts, conecting values, conecting us, a LC4 busca atuar no mercado focada, principalmente, em três valores que nos norteiam: a emoção, ética e empatia.

Utilizando um processo muito peculiar para a construção das estratégias e campanhas de seus clientes, de acordo com Erica Gomes, “mais do que noticiar, uma empresa séria deve dar o exemplo, por isso, antes de qualquer atividade prática, a nossa estratégia é alinhar os valores da LC4 junto aos valores dos nossos clientes e do público”.

Ao exemplificar o uso dessa técnica, ela cita a responsabilidade social – prática muito divulgada pelas empresas. “Se for uma verdade, vale a pena ser noticiado. Caso contrário, não deve ser um tema levado ao público por apenas estar em alta. Transmitindo verdade, os expectadores terão cada vez mais confiança na marca. Mais importante do que simplesmente levantar uma bandeira causas defendidas devem ser reais”.

Colocando a empatia em prática, Erica reforça que mais importante do que vender é solucionar dor do cliente. “Dentro do nosso campo de atuação, a empatia tem a função de entender o que o nosso cliente precisa e de como essa mensagem deve chegar aos potenciais clientes dele. Entra aqui, a capacidade de entender diferentes realidades, universos e experiências”.

Para além dos clientes, a Head ressalta que, na LC4, esses pilares servem com um código de honra para liderar os times de trabalho. “Além de incluir essas premissas nas atividades desenvolvidas para os nossos clientes, essas habilidades também estão presentes em nosso DNA, sendo essenciais para o dia a dia da organização e bons resultados obtidos pela equipe”, finalizou a Head de Operações da empresa de comunicação, marketing e estratégia, LC4.

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades por email

Outras publicações