AS 5 FORÇAS DE PORTER E SEUS BENEFÍCIOS

5 forças de porter

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O Modelo de Cinco Forças de Michael Porter é uma ferramenta de análise de negócios simples, mas eficaz, usada para determinar se uma estratégia tem potencial para ser lucrativa no ambiente competitivo de uma empresa.

Quando realizada da maneira adequada, com as ferramentas certas, ela pode fornecer uma visão inestimável da competição de sua empresa e quanto poder você detém no mercado, possibilitando o ajuste da sua estratégia para o sucesso.

Apesar de ter sido desenvolvido pelo professor da Universidade de Harvard, Michael E Porter em 1979, as cinco forças continuam sendo uma ferramenta de análise popular que ainda é amplamente usada atualmente ao definir estratégias de negócios.

O modelo foi originalmente desenvolvido como uma forma de as empresas avaliarem sua concorrência e determinar a atratividade de um setor da indústria e seu potencial de lucro.

Hoje, a estrutura é normalmente usada por estrategistas de negócios e equipes de marketing para avaliar como as tendências atuais afetarão uma indústria (por exemplo, aumentando a demanda por um determinado produto ou serviço), o que pode ajudá-los a avaliar se vale a pena entrar em um determinado mercado.

As cincos forças

Como o próprio nome sugere, Porter identificou cinco forças que compõem um ambiente competitivo e podem afetar a lucratividade futura do seu negócio:

Rivalidade entre os concorrentes: ao examinar seu mercado, a primeira ação que você precisa tomar é estabelecer quem realmente é sua concorrência. Você precisa observar com quantos rivais você tem que competir atualmente e determinar como a oferta de produtos e serviços deles se compara à sua – seja positiva ou negativamente.

Ameaça de entrada de novos concorrentes: quando uma nova concorrência entra em seu mercado, ela pode ter a capacidade de mudar sua posição e ter efeito sobre seus lucros, por exemplo, reduzindo o preço de seus produtos ou serviços, devido sua demanda.

Esta etapa da análise exigirá que você considere fatores que podem tornar seu mercado mais fácil de penetrar, como os custos de entrada e quão bem o setor é regulado.

Poder de barganha dos fornecedores: Os fornecedores de uma indústria em demanda (com concorrência mínima) podem cobrar mais por seus suprimentos, o que afeta a lucratividade de uma empresa.

Durante esta fase da análise, não se esqueça de pesquisar quantos fornecedores estão disponíveis para você escolher, assim como quão caro seria para você mudar para outro fornecedor, se necessário.

Poder de barganha dos clientes: refere-se ao fato de seus clientes terem o potencial de reduzir os preços de seus produtos ou serviços, geralmente no que diz respeito a se eles podem encontrar preços mais competitivos, maior qualidade ou maior variedade em outra empresa.

Durante esse estágio da análise, você precisa considerar quantos compradores existem em seu mercado e quanto custaria para eles mudar para outro fornecedor.

Ameaça de produtos ou serviços substitutos: a tecnologia está em constante evolução, o que significa que produtos e serviços podem facilmente ficar desatualizados – e substituições podem surgir rapidamente no mercado.

Um ótimo exemplo é a Netflix, que disponibiliza vídeos diretamente para as casas das pessoas, em vez de exigir que visitem lojas físicas, como seus antigos concorrentes.

Com isso em mente, pergunte-se se seus clientes conseguirão encontrar uma alternativa adequada para seu produto ou serviço e se você está oferecendo um serviço de qualidade suficientemente alto para impedi-los de abandonar sua empresa.

Quais são os benefícios das Cinco Forças de Porter?

Todos nós sabemos a importância de conduzir pesquisas completas sobre a concorrência. Na verdade, essa é uma parte vital de qualquer planejamento estratégico de sucesso.

Manter-se atualizado sobre o que seus concorrentes estão fazendo o ajudará a determinar quais são seus pontos fortes e fracos, dando-lhe uma ideia melhor do que você deve evitar e o que você deve usar como inspiração.

Saber exatamente o que está acontecendo em seu setor, como as tendências atuais da indústria, também permitirá que seu negócio seja mais dinâmico, evoluindo para se adequar às demandas do consumidor.

A Análise das Cinco Forças de Michael Porter vai um passo além, exigindo que você observe aspectos específicos do mercado em grande detalhe, para que possa tomar decisões de negócios mais estratégicas.

Ao compreender a oportunidade de lucro de uma indústria e quaisquer ameaças potenciais ao seu sucesso, você pode identificar mais facilmente os pontos fortes da sua empresa e tirar proveito deles, ou determinar seus pontos fracos e como você pode melhorá-los.

Por exemplo, tomar a decisão de entrar em um mercado que já está saturado devido à alta demanda significa que há mais concorrência para competir. Portanto, você terá que investir mais dinheiro em marketing, vendas e desenvolvimento de produtos para se destacar e pode ter que reduzir seus preços.

Da mesma forma, você pode pensar que entrar em um mercado com menos concorrência pode ser a resposta. Usando o modelo das cinco forças de Porter, no entanto, você pode avaliar se a demanda desse mercado realmente existe e se é lucrativo.

Faça uma análise hoje mesmo da sua empresa com as 5 forças e saiba de uma vez qual o seu posicionamento no mercado e como obter a tão sonhada vantagem competitiva.

Quer saber mais sobre este e outros assuntos? Acesse nosso blog e mantenha-se informado!

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades por email

Outras publicações

transformação digital

A transformação digital nos relacionamentos

A pandemia impôs uma década de transformação digital às organizações em poucos meses. Trabalho remoto, e-commerce, cibersegurança. A cada transformação organizacional, as empresas tiveram que